Seguidores

domingo, 30 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012




Estudo 2012






"Criar é tão difícil ou tão fácil como viver. E é do mesmo modo necessário."
Fayga Ostrower



EncArA 2012





Só tenho mesmo a dizer q em termos de contatos, trabalhos e aprendizado, esse ano foi realmente bom. Felizmente pude ampliar o circuito. Ter levado o Encontro dos Artistas Anônimos até agosto de 2012 foi por um lado triste, por não estar mais nesse projeto tão inovador na região, e feliz, por ter participado ativamente do seu desenvolvimento.



"A Essência & os Cíclos" Encontro dos artistas Anônimos -agosto 2012




Enfim, pra toda moeda temos os 2 lados. E o que fica são sempre os bons momentos. Nosso objetivo principal era reunir todos os tipos de artistas e suas artes num encontro, onde pudéssemos trocar experiências e interagir, conhecer gente nova e ampliar nossos conhecimentos. Além de dar uma nova roupagem a cena noturna de Jacarepaguá, visto q essa é uma região carente de eventos desse tipo. o EncArA quado foi formulado, não visava apenas vender os trabalhos, era reunir os amigos e principalmente  divulgar,  mostrar q nessa região existem muitos artistas, q q eles tem um produção ativa. só pelo EncArA ter saído do projeto e ter acontecido por um ano completo trimestralmente, ja somos pra la de vitoriosos!!!


Exposição Coletiva "Salve São Jorge" na Caza Arte Contemporânea



Ter feito a exposição na Caza Arte Contemporânea foi maravilhoso!!  O tema era São Jorge, e justamente essa expo começava no dia 23 de abril, dia do Santo, e acredito q esse fato deu o 'tom' a esse meu 2012. Sei la...  Essa energia mística.... eu acho! Primeiro por eu ter exposto pela primeira vez no Centro da Cidade, 2º por ser um evento coletivo, e não era entre conhecidos... não conhecia ninguém q tava expondo,  recebi o convite por e mail, inacreditável! Mas mesmo assim, fui la... fiz meu trabalho, e deixei la na parede pra um monte de gente q eu nem supunha, ver. Foi realmente incrível, essa  experiência!



Artesanatos 2012





Trabalhei expondo meus artesanatos e vendendo algumas peças...Estou com diversos materiais recicláveis, tendo como objetivo, criar instalações (q quem sabe até alguma escultura), e objetos de uso cotidiano como porta lápis, porta pincel, caixinhas....etc. A venda desses objetos é mais direta, e com custo mais acessível a maioria, por tanto, continuarei trabalhando nisso em 2013.





4 trabalhos da oficina de Litografia série "O Jardim Proibido"


Fui aluna da oficina de litografia, da faculdade. No meio houve a greve nas faculdades Federais, e la ficamos 3 meses inativos... mas felizmente voltei com força total! Se eu soubesse como minha adaptação seria perfeita, não esperava tanto pra participar. Entreguei os 4 trabalhos obrigatórios e me apaixonei. Fiz outros trabalhos como aluna ouvinte...e minha cabeça se transformou depois de ter participados tanto da oficina de lito como Kazuo (Iha), quanto da oficina de xilogravura com o Marcão (Marcos Varela). A ideia de trabalho em equipe, o senso de coletividade, a reflexão sobre o trabalho, o perfeccionismo...a vontade de atingir graus elevados de criação...enfim, estar num ateliê de gravura e dedicar-se não é para todos, mas para os que ficam, e se apaixonam, é realmente gratificante!



"A Intensidade Entre O Real E O Imaginário"




"Orgânica"




"Liberdade É Pouco..."



Participei de 3 exposições muito significativas ao longo de 2012, em parceria com o Camarim das Artes. Realmente, o espaço de interação é muito bom e poder mostrar o trabalho, criando assim um publico não tem preço! O Evento no qual fazia as exposições (todas coletivas), chama-se Domingo do Conhecimento, uma vez por mês, o Camarim volta suas atenções aos convidados e artistas pra que a cena cultural de Jacarepaguá se movimente em prol da difusão das artes e dos artistas locais. É um evento repleto de música, teatro, cinema, exposições, artesanato, graffiti entre outras coisas.







O resultado é mais que positivo, é engrandecedor. Poder criar, exercitar minha criatividade, trabalhar no que amo... não tem preço! 
Gostaria de agradecer aos meus amigos, familiares, mestres, colegas de profissão que acreditam em mim e me apoiam. Sem vocês, o caminho seria muito mais longo e a jornada muito mais árdua.


Obrigada!
Feliz 2013 a todos, e nos vemos lá!!!









sábado, 15 de dezembro de 2012

Distúrbio












Essa é a série "Distúrbio" de xilogravura...Que conta com 4 imagens q devem representar determinados tipos de distúrbio que eu distribui em: Sadismo, Pânico, Apatia e Caos (desencadeados por problemas de ordem psicológica).

Ainda pretendo aprimorar mais meus estudos sobre o tema e fazer alguns trabalhos ainda de  xilo sobre ele...A madeira curiosamente proporciona o vigor necessário a um tema como esse. A agressividade, a força expressiva, na minha opinião parece muito adequada, o lado dramático e profundo q venho obtendo no trabalho de goivas sobre madeira, são realmente incríveis!

 Embora ja esteja pensando em outros assuntos a abordar com relação a xilogravura...enfim...as ideias brotam!!!

Espero conseguir dar conta de explorar todas as possibilidades!

Até a próxima.


sábado, 1 de dezembro de 2012

O exercício


Tão bom quando nosso trabalho rende! Aprender algo novo é magnífico mesmo...E eu estou agora aprendendo a lidar com goivas sobre madeira. Fazer xilogravura da mais trabalho do que a gente pensa...Cavar a madeira e formar imagens que antes são um desenho, um esboço requer habilidades e muita, muita prática. O processo não é exatamente demorado, mas é preciso atenção pra não errar o corte, não ferir as mãos com as ferramentas. Depois é só aproveitar e deixar a criatividade fluir. A prensa manual também facilita o trabalho. Ela não é pesada, portanto, vc pode fazer cópias sem sair exaurido, no entanto, o processo feito repetidamente é bastante cansativo. Fiz uma média de 10 cópias num único dia e meus dedos e mãos pareciam prontos pra criar uns calos!!! Ok, isso é só o começo. Logo as mãos acostumam, afinal essa prensa é tranquila e minhas matrizes (nesse momento) são pequenas.

Os desenhos não param de nascer! Muitas idéias aparecendo, muita coisa pra adicionar ao meu trabalho. Muita, muita coisa pra aprender e aplicar. Primeiro fiz umas provas em tinta preta sobre papel oficio branco (q é o tradicional) e agora ja comecei a imprimir minhas matrizes de xilo em papel colorido, e em alguns casos em tintas de cores variadas. Enfim, as possibilidades aumentam cada vez mais, para que cada vez mais, a partir da pratica, eu possa evoluir e inserir novos elementos. A partir da supervisão e dicas do Mestre Marcão, meu professor. O trabalho vai ficando cada vez mais elaborado e planejado. Inclusive tenho já, as primeiras séries de xilo. A primeira é essa q estou divulgando aqui no Blog. Que é uma série de personagens femininas, composto por 3 imagens, intitulado "Sobre O Feminino".

Ja tenho a segunda  série pronta, composta por 4 matrizes...Em breve divulgo as imagens e comento...

Por hora fiquem com essas, minhas primeira provas e matrizes xilogravura.

Ahhh sim, em breve também, divulgo as cópias coloridas!


Até lá!!!!